11 dezembro 2014

Consultoria com Cris Ferro: Como montar uma mala de viagem inteligente



Com a proximidade das férias e do verão, nada mais estimulante do que pensar na mala de viagem, mas se você é do tipo que gostar de levar o guarda-roupa inteiro, e fala que está sempre pronta para o imprevisto, vou mostrar que não é necessário abarrotar sua mala de itens que não irá usar, com planejamento tudo fica fácil e funcional.


Em primeiro lugar pensar na mala com antecedência vai ajudar, criar uma lista também é importante.

Em segundo lugar pré-selecionar as peças que conversam com seu estilo e, ao mesmo tempo, com o ambiente da viagem. Pense as peças base em cores neutras: é muito mais fácil para compor os looks.

Pesquise clima do local da viagem para não errar no contexto, claro que existem as mudanças bruscas de temperatura, mas para elas uma peça chave é o suficiente, principalmente em uma viagem de 7 dias.


A partir destas informações, podemos montar a mala: Para cada dia da viagem uma peça de baixo e o dobro de peças de cima.


Vamos montar a nossa mala para 7 dias na praia?



  • 7 peças de baixo (saia, shorts, bermuda, calça): prefira peças em cores neutras, assim elas conversam bem com todas as peças de cima selecionadas
  • 14 peças de cima (blusas, tops, camisetas, camisas), cores lisas e estampadas
  • 2 peças de corpo inteiro (vestidos, macaquinhos), podendo mesclar estampadas e lisas.
  • 4 calçados que conversem com as peças selecionadas, normalmente em cores neutras, ou que combinem com cores que conversem com pelo menos 50% dos looks.
  • Biquínis e maios devem ser selecionados com base nos dias, a cada 2 dias 1 biquíni, mas que conversem entre si, capaz de montar combinações diferentes para cada parte de cima ou de baixo.
  • Não esquecer das saídas de praia, segue a mesma regra dos biquínis, 1 peças a cada 2 dias.
  • Acessórios: os salvadores da pátria! Não ocupam muito espaço na mala e transformam a produção. Em instantes são capazes de quebrar a chatice de um look porque a adição de uma terceira peça traz mais informação, deixando o visual mais interessante, mais rico, pode levar sem medo, colares, bolsas, cintos, brincos, pulseiras, lenços.
  • A nécessaire não precisa ter todos os seus cremes: leve o necessário, sabonete facial, tônico e hidratante, sem esquecer o protetor solar, sempre à mão.
  • Maquiagem pode dispensar as inúmeras paletas de sombra, leve o essencial do seu dia-dia (corretivo, base, blush, máscara de cílios) + umas 2 opções de batom e outras 2 opções de sombra, pronto! O essencial para manter a beleza em dia.






Para terminar, a gente só leva na mala o que AMA usar, o que já foi testado e aprovado, o que funciona no dia-a-dia e vai funcionar em qualquer lugar do planeta: viagem não é tempo bom de “testar” coisas ou experimentar demais, já que estamos longe do armário inteiro. Melhor se apegar ao que assegura sorriso em frente ao espelho, sem erro!


Mantenha a economia e a versatilidade como filosofia e sua mala ocupará menos espaço mas será mais completa.


Cristiane Ferro




2 comentários:

  1. Nossa amei as dicas, vão me ajudar demais rsrs
    eu sou exagerada e acabo sempre levando mais do que devo, acho que dessa vez vou seguir as regrinhas .. kkk

    bjs bru

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. são incriveis. Eu tb estava precisando de umas diquinhas básicas assim ahaha beijão Dani

      Excluir